Booking.com

Hotéis em Johannesburgo

Faz quase 20 anos, a África do Sul vivia a complicada situação proporcionada pelo Apartheid. A divisão entre negros e brancos causou imenso sofrimento à população, até seu fim em 1994. Entretanto, mesmo hoje os vestígios da segregação racial ainda assombram e preocupam o país. A história dessa dor, assim como a história da nação em si, fica na crescente Johannesburgo. A maior cidade sul-africana, pórem, quer registrar o passado, e não vivenciá-lo. Esqueça o medo e reserve já sua estadia em Joanesbrugo, Johansburg, Johannesburgo, tanto faz.

Para não criar confusão, vamos nos referir à metrópole como Johannesburgo. E, o primeiro passo para se dar, é apenas observar como aquela imagem dos países africanos como sinônimo de pobreza não é tão verdadeira assim. Se você está pensa dessa forma, verá como é fácil estar enganado. Um centro financeiro e de negócios muito relevante no continente, quem vai a negócios não vai se decepcionar com as oportunidades possíveis de se encontrar por lá.

Os museus são parada obrigatória para o visitante. O Museu do Apartheid e o Museu da África oferecem as informações principais para se entender um pouco da história do “berço da humanidade”. E, um destes locais de origem, o sítio arqueológico de Sterkfontein, famoso por ser onde foram encontrados vários fósseis e esqueletos de hominídeos, fica nos limites do município. Um passeio vital para quem se interessa por arqueologia.

Vizinha de Johannesburgo, Pretória, a capital administrativa da África do Sul, vale a viagem de 50 quilômetros. Sede dos poderes executivo, vá à Union Buildings, o Palácio Presidencial e o monumento Voortrekker, algumas “atrações turísticas”. Se fugir da selva de concreto em crescimento acelerado é prioridade, a colorida e mais alegre Pretória com certeza lhe agradará. Só não esqueça que, como boas irmãs, ignorar uma das cidades em favor da outra é quase um pecado. Portanto, divida bem seu tempo!

Hotéis em Johannesburgo

Aproveite a hospedagem no Radisson Blu Gautrain, Sandton, se o desejo por qualidade e conforto for muito forte. Em um hotel 5 estrelas, serviços como canais via satélite, spa e restaurantes diversificados não são novidade, mas não custa nada lembrar. Ainda no distrito de Sandton, o Protea Balalaika fornece a tranqüilidade necessária para o cliente, além de dispor de quartos amplos de estilo campestre inglês. Outra opção é o aconchegante, embora modesto, Mercure Bedfordview, também de estilo inglês. Retire o Apartheid da sua memória e viva ao máximo Johannesburgo. A sensação é recompensadora.


View Johannesburgo in a larger map

Conheça a crescente metrópole hoje mesmo ficando em um dos hotéis em Johannesburgo!






Booking.com

Adicione seu Comentario


Links Úteis

  • Hotéis em Assunção Não integrada formalmente a nenhum departamento do estado paraguaio, Assunção é um distrito independente, além de uma dos locais mais […]
  • Hotéis em Edimburgo Muitos já sonharam em viver durante Idade Média. Se você excluir todos os males da sociedade da época, o que resta é apenas um conjunto de […]
  • Hotéis em Rosário Pago de los Arroyos, ou, a Terra dos Córregos. Este era o antigo nome de Rosário, pertencente à província de Santa Fé, na Argentina. A […]
  • Hotéis na Cidade do Cabo A África do Sul, cada vez mais, abandona um passado duro e sofrido devido a questões raciais e sociais e se foca apenas em seu […]
  • Hotéis em Santa Cruz de la Sierra Com quase 500 anos de história, você vai perceber que um passeio pelas ruas seculares de Santa Cruz de la Sierra, enquanto toma uma chicha […]


Veja Outros Destinos